Porque algumas pessoas são altamente produtivas, enquanto outras procrastinam? 

A almejada alta produtividade é o sonho de muitos profissionais por aí, ainda mais quando falamos de cargos de gestão, por isso listamos 3 hábitos de pessoas altamente produtivas.

Isso porque, em geral, além de trabalharem diretamente com a gestão de pessoas, levam consigo atividades muito importantes e cruciais na tomada de decisões da corporação. 

Desta maneira, pode ficar difícil priorizar atividades, delegar e até mesmo descansar. 

Ao navegar na internet é possível encontrar a definição do termo como: “É a relação entre os meios, recursos utilizados e a produção final.”

Um bom exemplo seria: quantas horas do seu dia foram gastas para realizar X atividade? Levando em consideração sempre o quanto vale sua hora trabalhada. 

Feito isso, reflita se essa atividade realmente possui esse valor. A quantificação é uma excelente maneira de visualizar o problema sobre uma nova ótica. E em se tratando de Equipe de Vendas, pode-se cogitar trabalhar com agendamento de atividades por meio de um CRM.

Outra maneira de visualizar a relação recursos versus produção final, seria essa: para que sua equipe de vendas alcançasse determinado êxito, foram necessários 200 contatos com os clientes, no decorrer de 15 dias.

Mas afinal, quais os hábitos de pessoas altamente produtivas que podem ajudar a sua equipe a se tornar mais eficiente?

Qualidade e Entrega

Antes de mais nada, é necessário analisar sua realidade. Entender o que é prioridade para a empresa na qual você está inserido, ou mesmo em sua própria empresa. 

Se, a prioridade é realizar o maior número de atividades, sejam elas quais forem, no menor tempo possível, é preciso ter ciência de que, neste caso, a qualidade assume o segundo plano. 

E o mesmo acontece quando olhamos o inverso. O excesso de qualidade pode demandar muito tempo e esforço. Por isso, é essencial buscar o meio termo neste cenário.

Um dos hábitos de pessoas altamente produtivas é realizar entregas efetivas, que atendam a demanda da melhor maneira possível, dispensando a menor quantidade de tempo possível, ou, em alguns casos, o tempo necessário. 

via GIPHY
No decorrer de nossa rotina, realizar esse filtro parece impossível, afinal, novas demandas surgem simultaneamente.

Pensando nisso, listamos neste artigo os três (3) principais hábitos de pessoas altamente produtivas. Confira abaixo!

1. Filtro

Ao contrário do que se pensa, uma pessoa produtiva não é reconhecida pela quantidade de demandas que possui, mas sim, pela eficácia com que é capaz de realizar suas atividades. Essa eficácia envolve fatores como:

Posicionamento: alguns perfis tendem a ser como uma “esponja” absorvendo todas as demandas que são designadas a eles, no entanto, o grande problema de pessoas com dificuldade em dizer seus limites, é que, a um longo ou mesmo em um curto prazo seus resultados começam a declinar. 

Isso porque, por mais que o mercado demande por profissionais cada vez mais adaptáveis, somos biologicamente incapazes de realizar todas essas atividades com a eficácia adequada e mantendo a saúde em dia. 

Por isso, ser capaz de se posicionar e identificar o momento adequado de aceitar novas demandas e solicitações é essencial. 

Você tem um limite, caso ocupe um cargo de liderança, certamente possui consciência que seus liderados também o possuem e neste caso, forçar sua equipe ao limite é um erro na gestão de pessoas, e esse não é um dos hábitos de pessoas altamente produtivas. 

Priorização: é claro que muitas das atividades recebidas realmente precisam ser executadas, no entanto, cabe ao profissional produtivo realizar um filtro e identificar as reais prioridades. 

O que é mais urgente e o que pode esperar até o próximo dia? Ser capaz de identificar e alocar as atividades em sua devida ordem é essencial e um dos hábitos de pessoas altamente produtivas. 

Delegação de tarefas: caso tenha o perfil centralizador, certamente esse item será um “problema” a princípio. 

É comum encontrar pessoas que acreditam que centralizando a realização de tarefas em si mesmas, irão garantir a eficácia e agilidade na realização da mesma.

O problema é que, como vimos acima, somos incapazes de absorver todas as atividades.

É preciso ter consciência de que, assim como você é capaz de realizar determinada atividade, outras pessoas ao seu redor possuem a mesma capacidade ou até mesmo maior. 

Saiba o momento de delegar atividades, identifique quais as tarefas que podem ser repassadas a terceiros e qual o perfil mais adequado para recebê-las. 

2. Gestão de tempo

Atualmente, você consegue mensurar quantas horas trabalhadas por dia você dedica para a realização de alguma tarefa? Caso não consigo nem imaginar um número, comece a analisar sua rotina. 

Um dos hábitos de pessoas altamente produtivas é conhecer o tempo que leva para desempenhar cada tarefa e planejar sua rotina com cuidado. 

via GIPHY
Pode parecer irrelevante, porém, quando você tem esses dados em mãos, o processo de distribuição de suas atividades no decorrer da semana em sua agenda fica muito mais fácil. 

Aliás, a agenda deve ser sua companheira caso queira adotar hábitos de profissionais produtivos. 

Toda sexta-feira, ou mesmo aos sábados, escolha o último dia da sua semana de trabalho e liste todas as pendências que possui para a nova semana, tente prever também quais atividades podem entrar. 

Com isso, elabore sua agenda, distribuindo o tempo que utiliza do seu dia para realizar cada uma delas. 

Desta maneira, você terá de forma muito mais clara quantas horas da sua semana realmente estarão livres para reuniões e demandas inesperadas. 

Além disso, na segunda-feira, quando tendemos a ser mais produtivos, você já chegará ao trabalho focado. 

É importante lembrar também que, pequenas atividades que surgem no decorrer do dia, se possível, devem ser resolvidas de imediato. 

Assim, você evita que 5 minutos do seu dia se tornem um problema maior em um segundo momento. 

Caso não seja possível realizá-las de imediato, busque concentrar todas essas pequenas tarefas em um único período do seu dia.  

Garantindo que elas não influenciem na efetividade de tarefas mais prioritárias. 

3. Mantenha hábitos saudáveis

Sua rotina alimentar e de exercícios físicos reflete diretamente em seu desempenho profissional. Além disso, manter sua mente em ordem também é essencial para manter a constância em sua profissão. 

Caso nunca tenha reparado, perceba como após uma alimentação pesada, repleta de massas, gorduras e afins, o seu desempenho tende a ter um declínio de produtividade significativo. 

Perceba também como a prática de exercícios, pela manhã principalmente, é capaz de elevar seu nível de endorfina e transformar seu dia por completo. A sensação de bem-estar sem dúvidas é garantida. 

Sua mente também precisa estar em ordem! Afinal, ela é o seu principal recurso para desempenhar sua profissão. 

Busque realizar atividades diversas aos finais de semana, tenha um tempo de descanso para sua mente e, caso necessário, conte com a ajuda de um especialista. 

Desta forma, seu corpo e sua mente estarão em pleno funcionamento, prontos para o alto desempenho de suas atividades.  

Agora que você está pronto para mudar seus hábitos e se tornar um profissional mais produtivo, que tal descobrir como criar um processo de vendas infalível? 

Aqui no Funil de Vendas produzimos um conteúdo exclusivo sobre o tema! Basta clicar aqui.

Funil de Vendas, CRM para equipe comercial
Indicadores que mostram como bater sua meta
Nunca mais perca oportunidades por falta de follow ups
Quer bater sua meta?

Gostaria de colocar estas dicas em prática dentro de nosso CRM?

Experimentar grátis