“Escolha um trabalho que você ame e você nunca terá que trabalhar um dia em sua vida.” – Você com certeza já ouviu esta frase de Confúcio em pelo menos um momento de sua rotina diária, certo? E provavelmente ela inspirou diversas pessoas a investirem em abertura de empresa.

Abertura de empresa: Crescimento exponencial no Brasil

E parando para analisar este mercado, sabia que o número de negócios no Brasil não para de crescer? Até setembro de 2019, nosso país contava com mais 2 milhões de novas empresas abertas, sendo este um importante indicador. Isso demonstra que apesar dos problemas na economia, ainda é alto o número de pessoas que optam por trabalhar com o que tanto gostam.

Mas você sabe como funciona o processo de abertura de empresa? E o que deve ser seguido para que nada de errado venha a acontecer? Pensando em lhe ajudar a entrar no mundo dos empreendimentos, reunimos algumas dicas importantes. Quando finalizar o texto, tudo o que o você precisa fazer é começar a agir. Acompanhe!

Antes de tudo: é possível abrir CNPJ grátis?

Sendo está uma das formas de chamar atenção de diversas pessoas que estão querendo saber mais sobre o processo de abertura de empresa, hoje em dia é possível dizer que esse processo pode ser feito sem o empreendedor desembolsar nada. Importante ressaltar que estamos falando apenas sobre o processo de abertura de empresa.

Voltando ao assunto de abrir CNPJ grátis, isso pode ser feito se uma pessoa estiver pensando em abrir uma empresa como MEI. Nomeado de Microempreendedor, quem possui este cadastro consegue ser considerado empresário sem ter que pagar nada. Todo este processo pode ser feito pelo Portal do Empreendedor.

CNPJ grátis

Um contador também pode ajudar, onde enquanto cuida deste processo, o empresário dedica-se ao planejamento. A abertura também fica mais fácil ao optar pelos serviços deste profissional, devido ao mesmo saber como o processo de abrir CNPJ grátis funciona.

Contratando os serviços de um escritório de Contabilidade, isso também pode ser concluído de uma forma mais rápida, então não deixe de consultar os preços e tarifas para não ter problemas já no primeiro momento de abertura de empresa.

E quais são os documentos para abrir MEI?

Antigamente, muitas pessoas ainda ficavam trabalhando de maneira informal devido ao processo de abertura de empresa ser muito burocrático. Mas pode-se dizer que hoje em dia tudo está mais automatizado.

E o MEI é uma das principais formas de entrar no mundo dos empreendimentos. Mas se você está pensando que são solicitados muitos documentos para abrir MEI, tire esta ideia da cabeça. Apenas com algumas informações é possível realizar todos os procedimentos. Veja abaixo o que o futuro proprietário precisa apresentar:

  • RG;
  • Título de eleitor ou Declaração de Imposto de Renda;
  • Dados de contato;
  • Endereço residencial.

Também será necessário apresentar algumas informações sobre o local que você escolheu para alocar sua empresa. Certifique-se em saber se o lugar possui Alvará de Funcionamento, o documento que permite que um negócio opere sem problemas. Lembrando que se estiver optando por alugar algum estabelecimento, pode ser que este já possua Alvará. Sem mais delongas, veja quais documentos para abrir MEI devem ser apresentados:

  • Tipo de atividade econômica realizada;
  • Forma de atuação;
  • Dados de onde o negócio será realizado, como por exemplo endereço e demais informações pertinentes.

Lembre-se de nunca pular e/ou deixar de lado alguma etapa do processo de abertura de empresa, pois isso pode fazer com que a inauguração seja adiada.

Depois que realizou a entrega de tudo o que foi solicitado, basta esperar para que a emissão do CNPJ seja feita. Geralmente, caso a pessoa entre em contato com um escritório de contabilidade para realizar essa demanda, todo o processo de abertura de MEI é feito em até 48 horas.

Passo a passo para abrir uma empresa: o que deve ser feito?

Muitas pessoas pensam que o processo de abertura de empresa se resume à emissão de CNPJ. Mas na verdade, o comparecimento aos órgãos públicos é apenas a última etapa. O empresário precisa definir diversos pontos antes de registrar sua empresa mediante aos órgãos públicos.

Reunimos algumas informações para que você não passe por problemas neste passo a passo para abrir empresa. Acompanhe.

Planeje antes de sua empresa sair do papel

Toda jornada de sucesso precisa ter um ponto inicial, certo? E é nesta etapa que todas as ideias devem ser organizadas para que sua empresa comece. É importante que as ideias referentes a local, investimento inicial e qualquer outra informação seja inserida no planejamento.

Para que nada seja deixado de lado, coloque todas as ideias em um mesmo documento como uma forma de rascunho e depois considere se estas podem ou não ser colocadas em prática. É importante que tudo seja definido antes de os registros oficiais começarem, então não se esqueça de nada. Veja uma lista básica:

  • Valor de investimento inicial;
  • Possível número de funcionários contratados no momento de inauguração;
  • Definição de local que a empresa será aberta;
  • Ideias para campanhas de Marketing;
  • Tipo de produto ou serviço que será oferecido;
  • Preço da revenda;
  • Definição de fornecedores.

Lembrando que os itens listados acima são apenas “um norte” para que você possa começar seu planejamento. É importante dizer que os passos de abertura de uma lanchonete não é o mesmo de uma distribuidora de produtos de limpeza, então atente-se às devidas especificidades.

Depois de estar com tudo planejado e seguro (a) de que mais nenhum dado ainda deve ser colocado no planejamento, é hora de definir a natureza jurídica e comparecer aos devidos órgãos públicos. E estas são justamente as próximas etapas de nosso passo a passo para abrir uma empresa.

Escolha a Natureza Jurídica que mais se adequa à sua empresa

Este passo é essencial para a abertura de empresa seja concluída. Aqui, o nome de uma (ou mais) pessoa começa ser conectado com um CNPJ. Mas apesar desse documento ainda não estar emitido, é importante definir a natureza jurídica.

E caso você esteja se perguntando sobre o que isso diz respeito, é praticamente sobre o porte e o número de sócios. O tipo de sociedade também está relacionado à natureza jurídica. Entenda que: sem isso, não vai ser possível cumprir o passo a passo para abrir empresa. Veja os quais são mais optados pelos empreendedores:

  • Empresa individual ou MEI: nesse caso uma única pessoa responde pela empresa, e o nome registrado com o empreendimento deve ser o civil, completo ou abreviado. Nesse tipo de natureza jurídica, apenas uma pessoa (no caso, a jurídica) pode ser o titular;
  • Sociedade Limitada: reúne dois ou mais sócios que possuem uma mesma finalidade: exploração de bens e serviços. Aqui, entram todas as empresas que contribuem com um investimento de capital social e boa constituição empresarial;
  • Sociedade Simples (também chamada de SS): já neste tipo são enquadradas as empresas que são focadas em prestar serviços que necessitam de atividades que envolvem o uso de nosso intelectual de uma forma cooperativa. Para ficar claro: os donos não exercem de comerciantes e sim como líderes de sua função. Um exemplo básico são escritórios de Contabilidade e Advocacia, assim como cooperativas etc.;
  • Sociedade Anônima: empreendimentos na qual o capital não é ligado diretamente a um nome, mas sim é dividido em ações. Aqui, a compra e venda das ações podem acontecer de forma livre, sem a necessidade da assinatura de contrato ou qualquer documento que formalize esse processo.
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (também chamada de EIRELI): nessa última natureza jurídica, a empresa pertence a apenas uma pessoa. O capital (valor de investimento) deve ser integral, e não pode ser 100 vezes inferior do que o salário mínimo que está vigente na cidade ou estado.

Depois de fazer isso, será necessário reunir toda a documentação que é solicitada para quem deseja abrir empresa e em seguida comparecer aos órgãos públicos. E é justamente sobre isso que vamos falar na próxima etapa do passo a passo para abrir empresa.

Compareça aos órgãos públicos e solicite a emissão dos devidos documentos para abertura de empresa

Agora é hora de a empresa começar a “existir” de fato. É necessário que o proprietário separe um dia em sua agenda apenas para cuidar destas demandas, haja vista que existe a possibilidade de filas.

Depois de reunir todos os documentos, basta ir até a prefeitura e governo do Estado e solicitar a emissão do CNPJ da empresa, onde além de dados sobre natureza jurídica, devem ser solicitadas algumas informações sobre o (os) proprietário (os). Veja:

  • Apresentar uma cópia simples do comprovante de residência de cada um (se houver mais de um sócio, um para cada);
  • 2 Cópias autenticadas do RG e CPF de cada futuro dono (caso tenham sócios);
  • Uma cópia do espelho do IRPF, caso tenha comprovado no ano atual;
  • Cópia da certidão de casamento (caso aplicável).

Como você deve ter imaginado, dados sobre o local de sua escolha também serão solicitados. Confira quais são:

  • Duas cópias simples do IPTU do Imóvel
  • 2 cópias do Contrato de Locação ou Compra e Venda.

Depois de entregar tudo, basta esperar para que o CNPJ seja emitido. O tempo para isso ser feito pode variar muito, mas depois de cerca de 7 a 10 dias úteis dos documentos para abertura de empresa estarem com os órgãos públicos o processo está finalizado.

Não se esqueça de solicitar a emissão de alvará de funcionamento, documento que é emitido perante à Junta Comercial. Lembre-se que sem isso, não vai ser possível trabalhar e abrir sua empresa.

Opção de entrar no mercado dos empreendimentos ao abrir ME

O faturamento máximo também sobe consideravelmente, onde quem abre ME pode lucrar até R$ 360 mil dentro de um ano. As maiores mudanças em relação ao MEI são estas, mas o mais indicado é que você comece como Microempreendedor e em seguida comece a aumentar o porte de sua empresa.

Este processo pode ser feito sem muitos problemas e em pouco tempo. Mas não deixe de considerar em abrir ME se for vantajoso para você e principalmente sua empresa.

Quanto custa abrir uma empresa?

A resposta para essa pergunta pode variar muito com tipo de negócio, localidade e outras variáveis, mas falando sobre os gastos com documentos para abrir uma empresa de pequeno porte, será necessário desembolsar uma quantia entre R$ 30,00 e R$200,00. Além de uma profissional contábil onde o custo pode variar de acordo com o tipo de empresa, para receber orçamento agora basta clicar aqui.

Importante saber que está é uma estimativa média, onde cada cidade e estado pode acabar cobrando mais ou menos. Havendo dúvidas, sempre considere a opinião de um contador.

Assessoria para abertura de empresa

Alguns escritórios de Contabilidade oferecem esta solução como uma forma de ajudar empreendedores a abrir seu negócio. E essa contratação pode ser assertiva devido a diversos motivos.

Além de os profissionais que oferecem assessoria para abertura de empresa conseguirem otimizar esse processo, esta parceria entre contador e empreendedor pode continuar acontecendo em outros setores. Até porque, contar com um escritório de Contabilidade pode ajudar no gerenciamento dos tributos e até fazer com que os gastos sejam cada vez menores.

Uma assessoria para abertura de empresa também pode evoluir para resolução de mais demandas, como por exemplo a emissão de folha de pagamento de funcionários e relacionados. Então não deixe de considerar essa solução!

Consiga uma assessoria para abertura de empresa com a ajuda da plataforma 4Mãos

Depois que você entendeu como funciona todo o processo para entrar no mundo dos empreendimentos, mas quer se livrar da burocracia, saiba que a melhor forma de fazer isso é contratando um contador.

E a 4 Mãos pode fazer isso: sendo a ponte de conexão entre empreendedores e escritórios de Contabilidade, tudo que você precisa fazer é enviar sua necessidade contábil para o time de atendimento da plataforma. E isso vale para abertura de empresa, troca de contador ou qualquer outro serviço de contabilidade que você esteja precisando.

Logo em seguida, depois dessa solicitação estar cadastrada, até 4 contadores (estes credenciados ao CRC) irão entrar em contato por meio de uma proposta comercial. Depois cabe apenas a você escolher qual a melhor opção. Importante dizer que a plataforma não intervém neste acordo.

O que ainda falta para que sua ideia empreendedora sair do papel? Entre em contato agora mesmo e receba até 4 propostas de profissionais que irão acelerar o processo de abertura de empresa!

E você, que tipo de empresa está pensando em abrir? Comente aqui!

Funil de Vendas, CRM para equipe comercial
Indicadores que mostram como bater sua meta
Nunca mais perca oportunidades por falta de follow ups
Quer bater sua meta?

Gostaria de colocar estas dicas em prática dentro de nosso CRM?

Experimentar grátis