Não importa se você começou na área de vendas agora ou já atua um bom tempo, saiba a seguir como ser um bom vendedor e bater as metas todos os meses.

Conheça os principais hábitos que um bom vendedor deve possuir para alcançar seus objetivos e manter ótimos indicadores.

O paradigma das vendas e como ser um bom vendedor

Provavelmente você já deve ter ouvido a clássica frase:

Não deu certo na vida e virou… Vendedor!

Este é um grande paradigma cultural que devemos quebrar e de fato banir de nossos pensamentos.

Vendas é a principal área de toda empresa e é responsável por literalmente trazer o dinheiro para dentro de casa. Assim com o recurso financeiro, todos os demais departamentos são mantidos.

O processo de vendas sem dúvidas não é um processo fácil, a persistência e paciência devem ser trabalhadas diariamente, além disso, saber lidar com a pressão é fundamental para quem deseja ser um bom vendedor.

No entanto, ao contrário do que se pensa, não se “nasce” vendedor.

É claro que muitas pessoas possuem características que facilitam seu desenvolvimento na profissão.

Porém, assim como em qualquer outra área, é necessário dedicação e muito estudo para que, desta maneira, seja possível alcançar o tão sonhado crescimento.

Se você deseja se transformar em um bom vendedor, continue lendo nosso artigo aqui, selecionamos as melhores práticas para o desenvolvimento de bons vendedores.

Persistência nas vendas

No site significados, podemos encontrar a definição da palavra como: “uma característica daquilo que não desiste fácil. Agir com persistência é ser esforçado e focado em seus objetivos, sem deixar-se abalar facilmente por quaisquer críticas ou negativas.”

Esta frase, quando inserida no mundo de vendas traduz a real necessidade de desenvolver essa habilidade.

Trata-se de persistir em clientes com alto potencial para suas vendas, clientes que estejam no momento adequado para consumir sua solução.

Porém, que por determinado motivo ainda apresentam resistência ou não acreditam no serviço ou produto oferecido.

Cabe neste caso, ao vendedor, mudar essa percepção. Buscar novas maneiras de apresentar seus serviços em busca do tão sonhado “vamos fechar”.

No entanto, é necessário cautela. Confundir persistência com teimosia pode ser um grande problema.

Afinal, alguns clientes podem não estar preparados para sua solução ainda, podem não estar aptos financeiramente, dentre outros inúmeros fatores. Possuir essa percepção é fundamental.

Paciência é fundamental

A paciência é uma virtude que deve estar em constante desenvolvimento. Afinal, é necessário cautela no processo de vendas.

Nem sempre o consumidor estará apto para a compra. Observar um novo lead entrar e ser capaz de aguardar o momento ideal para oferecer sua solução é uma tarefa que exige acima de tudo, paciência.

Por isso, dentre as qualidades a se desenvolver para que você se torne um bom vendedor está a paciência.

Vendedores ansiosos que antecedem etapas, podem, a longo prazo, prejudicar o desempenho das vendas se tornando inconveniente. Afinal, consumidor algum se sente confortável ao ser confrontado em momentos precoces da venda.

Inteligência emocional para se tornar um bom vendedor

Trabalhar com vendas é trabalhar com a constante rejeição, por isso, possuir a tão almejada inteligência emocional é essencial para aqueles que desejam se tornar ótimos vendedores.

Desenvolver essa qualidade pode ajudar em diversos aspectos, desde os pessoais até profissionais.

Pessoas emocionalmente estáveis são capazes de lidar com a rejeição, com a pressão e com a constante necessidade de ajustar sua rotina.

Trabalhar com vendas, inevitavelmente é trabalhar com sua inteligência emocional.

Siga o processo de vendas (Funil de Vendas)

Todo bom vendedor é também capaz de planejar suas próximas ações, ou seja, possui seus processos bem definidos.

Conhecer sua maneira de trabalhar, seu ritmo e ser capaz de utilizar estes aspectos ao seu favor é crucial.

Porém, não se desespere, caso esteja iniciando sua carreira no setor comercial, isso é algo que leva acima de tudo: tempo.

Um processo que leva em consideração o autoconhecimento para que, baseado nesses dados, seja possível desenvolver sua capacidade de gerenciamento de tempo e otimização de tarefas.

É neste momento que o uso de um CRM de Vendas se torna indispensável. Não medir o que está executando no dia a dia, faz com que o vendedor não veja os resultados e consequentemente, isto acaba o desmotivando completamente.

Tenha Lealdade

Você é capaz de vender algo que, nem ao menos você acredita? Pois é, por isso, ser leal à empresa em que se está trabalhando é essencial.

Nem todos os seus momentos corporativos serão perfeitos, ser capaz de distinguir estes aspectos e, com base nisso, continuar a realizar seu trabalho com a mesma eficácia é essencial.

Busque não misturar possíveis frustrações pessoais e profissionais com seu desempenho profissional.

Os resultados devem estar acima de qualquer desavença e devem ser os maiores indicadores de merecimento.

Conheça a solução que está ofertando

Qual a solução que você oferece ao cliente?

Você conhece todas as vantagens e desvantagens do seu produto?

Aspectos fortes e pontos de melhoria?

O vendedor possui um papel: convencer o usuário, cliente ou consumidor de que o produto oferecido apresenta a melhor solução para o seu atual problema.

Desta maneira, um dos principais papéis do vendedor é conhecer a fundo o produto ou solução que ele está oferecendo, certo?

Pois é, por mais óbvio que possa parecer, essa fundamentação pode nortear seu processo de vendas.

Conhecer o seu produto é estar ciente quanto à sua eficácia e quais os benefícios pode agregar ao consumidor.

Conheça bem os seus clientes

Conhecer e entender a realidade do seu cliente, um dos maiores desafios para todos os vendedores. Afinal, a grande maioria deles está programado para: falar.

Escute seu cliente, entenda seus desafios, quais as suas dificuldades e o quão preparados estão para receber sua solução de vendas.

É inaceitável vender a qualquer custo, pois, cedo ou tarde seu cliente irá perceber que não está apto para receber sua solução, e isso, pode resultar em uma quebra de vínculo irreparável.

Ao conhecer verdadeiramente seu cliente, é possível apresentar as melhores soluções para sua realidade e com isso, garantir o sucesso em seu pós-vendas.

Faça sempre o pós-vendas

Este é o ponto onde se encontra muita resistência por parte dos vendedores, afinal, após o processo de vendas a comissão já foi debitada em conta, correto?

Neste ponto é que mora o perigo! Clientes insatisfeitos elevam o churn (evazão de clientes) de sua empresa, e isso, a longo prazo é extremamente prejudicial para toda sua corporação.

Garanta que seu cliente tenha o melhor serviço e o melhor atendimento, certifique-se de que a solução que você vendeu está sendo entregue.

Identifique pontos de melhorias e mostre-se disposto a atuar para que isso aconteça.

Seguindo esses passos, sem dúvidas o seu processo de vendas terá ótimos resultados. E, as chances de que você se torne um bom vendedor, aumentam substancialmente.

Além disso, busque se atualizar frequentemente, certifique-se de que possui conhecimento sobre as novas tecnologias e inovações do mercado. E, acima de tudo, sobre o segmento de atuação do seu cliente.

Nunca pare de estudar

Começamos este texto falado de uma crença popular de que: Não deu certo na vida, virou vendedor.

Se um engenheiro ou médico precisa estudar 5 à 8 anos para se formar nesta área e eles são profissionais, por que acha que como profissional de vendas você não precisa?

Estudar vendas hoje é muito mais barato e acessível do que parece. A internet é repleta de conteúdo sobre o assunto.

Neste exato momento em que lê este artigo, você está estudando e quanto está pagando por isto?

Mídias e canais como Blog e Youtube estão transbordando de informações de como ser um bom vendedor, basta dedicar uma pequena parte do seu dia para estudar.

Aqui no Funil de Vendas temos a rotina de produzir conteúdos e disponibilizar em nossos canais e o melhor, quase todos eles são gratuitos. Como é o caso da live a seguir:

Ou você pode recorrer a treinamentos de vendas externos, mas lembre-se: esteja focado em partes específicas do processo de vendas em que você não está obtendo performance, por exemplo prospecção, fechamento ou leitura de indicadores.

Treinamento Funil de Vendas Infalível

Caso tenha gostado do nosso conteúdo e tenha interesse em se manter atualizado frente aos temas do setor comercial, inovações, e novas táticas de vendas, assine nosso blog e tenha acesso aos nossos conteúdos com prioridade.


Aproveite e baixe nosso mega e-book “Hora de vender: modelo estratégico de vendas” e conheça técnicas exclusivas para vender mais e melhor!

Funil de Vendas, CRM para equipe comercial
Indicadores que mostram como bater sua meta
Nunca mais perca oportunidades por falta de follow ups
Quer bater sua meta?

Gostaria de colocar estas dicas em prática dentro de nosso CRM?

Experimentar grátis