Nesta matéria iremos falar da importância do processo de Funil de Vendas e como usar de forma eficiente.

Devemos ter em mente que, Funil de Vendas não é somente um CRM e sim o modo visual de como a equipe comercial gerencia as oportunidades dentro do processo de vendas, adotando etapas que irão orientar a equipe em saber qual o próximo passo.

Como falamos na matéria anterior, a maior vantagem competitiva das empresas neste momento do cenário econômico, é a EXECUÇÃO CONSISTENTE. O fato de medir e gerenciar os números gerados em vendas como: Taxa de conversão, Perdido x Ganhos, Posição da Meta, Eficiência dos canais de vendas entre outros, dão subsídio para os vendedores e gestores tomarem decisões estratégicas e a construção da estratégica de forma empírica é sem dúvida a “sentença de morte” das empresas.

Uma forma de utilizar o Funil de Vendas com eficiência, é ter mapeado as etapas do processo comercial que visa novos clientes e ou gestão de carteira. A baixo serão sugeridas prioridades para iniciar a utilização desta metodologia:

1. Construa etapas que fazem parte do dia a dia dos vendedores

Dica: é construir estas etapas sob a ótica da demanda x oferta, ou seja, como você está buscando oportunidades e como elas estão lhe procurando:
Exemplo de Etapas:

Prospectar: Etapa onde se cadastra todas as oportunidades que você deseja ofertar seu produto / serviço, estas podem vir de diversos canais de venda: Site, Feiras de negócio, Indicações, Listas, etc. Neste momento você pode ainda não ter todas as informações do decisor da compra e estas devem ser tratadas nas próximas etapas.

Qualificar: Neste momento você migra as oportunidades que deseja trabalhar e inicia a qualificação com ações como: ligação, e-mails, etc. É importante que a “sondagem” seja feita com eficiência para a oportunidade ser trabalhada de forma mais produtiva.

Necessidades: Após uma conversa por telefone ou visita, são construídas as necessidades junto à oportunidade. É importante criar-se um relacionamento com o futuro decisor da compra, compatibilizando de forma clara, como seu produto / serviço pode ajudar ele resolver uma dor.

Negociar: Este é o momento de construção e entrega da proposta comercial, após encontrar ou criar as necessidades da oportunidade existirá naturalmente o processo de negociação de preço, prazo, condições, benefícios, etc. Nesta etapa esteja preparado para quebrar objeções e afinar o relacionamento.

2. Defina os canais de venda

É extremamente importante você ter planejado como funcionará e quanto custará cada canal de venda, pois no final de um período utilizando o Funil de Vendas é possível ver nitidamente quantas oportunidades foram ganhas e qual foi a participação de cada canal.

3. Defina sua meta e taxas de conversão

Você deve construir suas estratégias comerciais definindo as metas e decompondo-as à um nível diário de ações.

Por exemplo: A meta da empresa é faturar R$50.000,00/mês vendendo o mix produto / serviço com ticket médio de R$1.000,00. Teoricamente você deve ganhar 50 clientes. A pergunta é, quantas oportunidades são precisas colocar todo mês em seu Funil de Vendas para atingir este número? É neste momento que entra a taxa de conversão. Se o histórico de conversão mostra que sua taxa é de 10%, a empresa deverá alimentar seu Funil com 500 oportunidades.

Dica 1: Decomponha este número à um nível diário, ou seja, Ex: 500 / 25 dias = 20 oportunidades por dia.

Dica 1: Divida este número pela capacidade de atendimento da equipe comercial. Ex: 20 Oportunidades / 4 Vendedores. Cada um deveria alimentar e trabalhar diariamente 5 Oportunidades.

4. Não perca o ânimo

Vendas não é fruto de milagres, portanto, “arregace as mangas” e cace oportunidades todos os dias. Assim, com certeza você colherá o que plantou, resultado!

funil-de-vendas Porque e como usar um Funil de Vendas de forma eficiente?
Indicadores que mostram como bater sua meta
Nunca mais perca oportunidades por falta de follow ups
Quer bater sua meta?

Gostaria de colocar estas dicas em prática dentro de nosso CRM?

Quero experimentar grátis