O sonho de toda empresa é continuar crescendo, atrair novos clientes e, claro, aumentar o faturamento e a lucratividade. Independente do tamanho que a sua se encontra agora, preciso te falar que, infelizmente, não existe um momento em que isso se torna fácil ou em que os clientes caem do céu no seu colo. Todas precisam a todo momento pensar em formas diferentes de atrair novos consumidores para a carteira.

Hoje, vamos falar de cinco formas para isso, algumas talvez você já esteja fazendo e outras são ótimas oportunidades para se investir.

1.Antes de qualquer estratégia: conheça o seu público

Para colocar em prática qualquer uma das ideias a seguir, é primordial que você conheça o seu público e os seus atuais clientes. Entender as dores e os gatilhos que fazem eles procurarem uma solução como a sua é importante para elaborar uma estratégia certeira, relevante e, principalmente, lucrativa.

2.Começando pelo básico: Marketing digital

Não posso deixar de mencionar o bom e velho marketing digital. Com a facilidade de segmentar bem o seu público e de mensurar o retorno sobre o investimento (ROI), ele é uma ótima alternativa de baixo custo para qualquer tamanho de empresa. E, quanto mais você conhecer o perfil do seu público, melhor serão suas ações.

Marketing digital abrange tanto a publicidade dentro das redes sociais, banners em sites, links patrocinados no Google (aqueles que ficam por primeiro quando fazemos uma pesquisa) até uma estratégia completa de inbound marketing com conteúdo, nutrição de lead e, por fim, conversão em clientes.

3.Eventos para trazer clientes e reconhecimento de marca

Organizar um evento é sim trabalhoso, mas, quando bem feito, os resultados são excelentes. Claro que não é necessário fazer um evento para centenas de pessoas logo na primeira vez, é possível começar com um coquetel de lançamento de produto ou um workshop de uma tarde para debater assuntos do seu segmento.

Por outro lado, nem toda empresa precisa fazer um evento próprio, muitas vezes vale mais a pena “pegar carona” em um já existente, como patrocinador, palestrante e até organizar um almoço/jantar com o nome da sua marca antes ou durante o evento.

Para começar, faça uma campanha de email para os seus atuais clientes, comece um relacionamento com alguns influenciadores do segmento e divulgue em suas mídias sociais. Mesmo sendo um simples café, tenha uma agenda para o bate-papo com uma pessoa relevante para o seu público.

4.Networking, networking e networking

No mundo corporativo, ter um bom networking vale ouro. Pense nos seus antigos trabalhos, será que algum dos clientes que você atendia na época não são potenciais para o seu atual produto ou serviço? Ou ainda seus colegas de profissão, aqueles com quem você tem mais intimidade, será que vocês não podem trocar contatos de clientes de suas carteiras que tenham o perfil que o outro procura?

Estude dentro do seu networking se existem essas possibilidades e mãos à obra!

5.Comarketing: parceria estratégica entre empresas

Continuando no assunto de networking, é sempre interessante procurar por outras empresas com quem se pode fazer parcerias. Aquelas que possuem produtos ou serviços complementares a um mesmo perfil de público que você. Por exemplo, uma loja de sapato com uma de roupa e ambas buscam mulheres com o mesmo estilo, ou uma academia com um restaurante de alimentação saudável e/ou uma clínica de estética.

Uma ação muito popular é oferecer descontos para clientes de empresas parceiras, mas é possível realizar diversas outras ações, como eventos e promoções. Se as duas empresas divulgarem para os seus clientes e para as suas bases de contatos, você terá alcançado pessoas que talvez não conheciam a sua marca e pode construir relacionamento com elas também. Assim, você terá aumentado a sua base e tem a chance de ganhar novos clientes a partir dela.

6.Sempre que possível, tenha algo freemium

Muitas empresas oferecem uma versão freemium do seu produto para atrair novos clientes, isso significa disponibilizar gratuitamente um produto do seu portfólio ou algumas funcionalidades. Como o Spotify, ele tem uma versão grátis disponível para qualquer pessoa, mas com limitações e propagandas.

Talvez você pense que, ao oferecer algo de graça, as pessoas não vão mais querer pagar pelo produto ou serviço, porém a estratégia é justamente atrair novos usuários e potenciais clientes, pois é mais fácil e barato vender para pessoas da sua base do que para quem ainda não experimentou o que você tem a oferecer.

O último dado de conversão divulgado pelo Spotify foi em 2015 e, de acordo com a MBW (Music Business Worldwide), essa taxa chegava aos 31,5%.

7.Boa e velha prospecção ativa

Com planejamento, geração e segmentação de listas de prospects realizados de forma adequada, a prospecção ativa, seja via cold call, cold email ou mesmo porta a porta, pode gerar resultados rápidos e ajudá-lo a alcançar prospects que você não alcançaria de outra forma. Não raro, esta estratégia também gera vendas de maior valor.

Como uma plataforma de prospecção, como da Econodata, você consegue calcular o tamanho do seu mercado gratuitamente, organizar seu processo de prospecção e prospectar milhões de empresas do Brasil.

Então, sim, se as pessoas gostam da experiência do seu produto ou serviço, elas vão pagar por ele e pelos itens extras que a versão paga pode oferecer.

 

Essas são 7 formas como você pode prospectar mais clientes para alimentar o topo do seu Funil de Vendas. Tem outras dicas? Compartilhe com a gente!

funil-de-vendas A arte da prospecção: 7 formas de encontrar novos clientes
Indicadores que mostram como bater sua meta
Nunca mais perca oportunidades por falta de follow ups
Quer bater sua meta?

Gostaria de colocar estas dicas em prática dentro de nosso CRM?

Quero experimentar grátis