Será que é possível acompanhar o ritmo das transformações das ações de marketing e atualizar suas estratégias e ferramentas de persuasão?

A verdade é que essa pode não ser uma tarefa fácil. Com o comportamento do consumidor sendo ajustado a cada pequeno salto tecnológico ou atualização, a forma de se comunicar com o público e de concretizar um negócio também passa por ajustes constantes.

E para você não se perder em um mar de informações ou opções, nós te contamos quais são as tendências de marketing e vendas para 2019 nesse post.

Separamos 7 tendências que fazem jus à exigência – cada vez maior – do consumidor, tudo para que seu negócio não fique vivendo no passado. Continue a leitura e descubra quais delas são aplicáveis ao seu modelo de negócios!

 

Tendências de marketing e vendas

Algumas ações de marketing que começaram a ter bons resultados no ano passado prometem trazer ainda mais conversões em 2019. Principalmente no meio digital, com a atualização das versões dos aplicativos sociais e os avanços das ferramentas.

Estratégias recentes e eficazes, como a ampliação de conteúdos em vídeo e a automação dos conteúdo, por exemplo, demonstram mais solidez do que antes.

Já as tendências em vendas apontam para mais humanidade no trato com o cliente e um time de vendas engajado, moderno e bem preparado para lidar com esse consumidor exigente.

Por essa razão, as empresas precisarão explorar o potencial de estratégias como Social Selling e Growth Hacking. E claro, sem esquecerem da importância das ferramentas tecnológicas para otimizar as estratégias de marketing e vendas.

Sendo assim, conheça agora de forma mais detalhada cada uma dessas tendências para 2019.

 

1.   Produção de conteúdo em vídeo

Sabemos que cada vez mais as imagens são os formatos mais consumidos e produzidos pela população.

A grande novidade em 2019 para o marketing digital é o lançamento da IGTV, a plataforma de vídeos interna do Instagram. Com ela, a relação dos usuários com os conteúdos de vídeo ganhou mais fôlego.

Empresas que querem aumentar o engajamento orgânico, devem levar em conta a utilização desse recurso, sem esquecer das lives – vídeos ao vivo. A grande sacada é a criação de conteúdos ricos e altamente especializados, bem desenhados e produzidos para o formato vertical.

2.   Parcerias com influenciadores digitais

O marketing de influenciadores é uma estratégia que vem sendo usada nos últimos anos, desde o “boom” dos youtubers em diferentes canais.

Em 2019, esta continua sendo uma tendência de marketing, com a diferença de que hoje os nichos estão cada vez mais especializados e, o público, mais engajado.

Assim, investir em celebridades digitais que conversem diretamente com suas personas, além de ampliar o reconhecimento de marca, interfere diretamente na credibilidade de seu produto e na conversão de novos negócios.

Empresas com foco na venda local, por exemplo, devem buscar influenciadores regionais, mapeando as áreas de maior interesse e estabelecendo parcerias de longo prazo. Já negócios que visam o branding, influenciadores de maior alcance são mais indicados.

Em todos os casos, é importante encontrar pessoas com alto nível de engajamento, seja em canais de vídeo, perfis em redes sociais ou podcasts.

3.   Automação de conteúdo

Ainda observando os avanços no meio digital, outra área relevante é a de automação com robôs. Além dos famosos chatboots utilizados no atendimento rápido de usuários digitais, a automação na produção de conteúdos aparece como tendência de marketing para 2019.

O avanço da Inteligência Artificial e dos algoritmos de análise de Big Data já permitem criar narrativas similares a de redatores e jornalistas por meio de softwares específicos.

E quem recorre ao inbound marketing sabe que pode ser difícil manter a qualidade, a relevância e a originalidade dos conteúdos produzidos. Mas isso deve se tornar parte do passado com a automação.

Apesar de ainda se esperarem avanços em termos de redação e elementos narrativos, essa novidade permite que analistas de marketing consigam escalar o uso e a distribuição do conteúdo com base nos dados obtidos.

Além disso, outro benefício é a padronização dos conteúdos e a manutenção da qualidade, desde a estratégia até à escolha das imagens e a garantia da publicação nos prazos estabelecidos.

4.   Social Selling

As tendências de vendas acompanham esse mesmo ritmo, valorizando as ferramentas digitais. E, nesse aspecto, o Social Selling se apresenta como um método modernizado e indispensável de prospecção e acompanhamento dos clientes.

Através das redes sociais se torna possível manter um relacionamento com o público, aumentar o número de leads qualificados e, consequentemente, gerar mais vendas.

São também as redes sociais que nos dão métricas importantes para compreender os desejos dos clientes, o que dizem e o que pensam sobre o negócio.

Elas possibilitam um relacionamento mais íntimo entre cliente e empresa, o que facilita a confiança na marca e seu reconhecimento no mercado.

5.   Growth Hacking

Por falar em métricas, Growth Hacking é uma tendência de marketing que tem crescido no mercado. Ela recorre aos dados obtidos de diferentes formas – CRM’s, pesquisas, pós-venda, etc -, à criatividade e ao pensamento analítico para encontrar oportunidades de vendas para um rápido crescimento empresarial.

O termo popularizado por Sean Ellis em 2010 se trata de um método que recorre a diversos experimentos simultâneos para colher dados, gerar ideias de otimização e traçar estratégias vinculadas  à jornada de compra.

As ações de Growth Hacking então são pensadas dentro de um funil de vendas específico, que leva em consideração 5 estágios, resolvendo os problemas mais urgentes encontrados em cada etapa do funil.

Essa tendência de marketing e vendas já foi comprovada por empresas como o Facebook e o LinkedIn e se demonstram promissoras.

6.   Capacitação da equipe de vendas

Além dessas atualizações, com relacionamento entre as empresas e os clientes sendo cada vez mais valorizado, é essencial que o time de vendas também se modernize.

Cada profissional do time de vendas deve estar preparado para lidar com clientes que têm acesso à informações, realizam pesquisas e comparam antes de realizar uma compra.

A tendência de vendas para 2019 é que sejam feitas capacitações que fujam do mero tecnicismo. O ideal é que recorram à metodologias inovadoras, considerando esse consumidor mais exigente e que deseja um tratamento personalizado e humanizado

Entre as metodologias estão as notificações por push, os eventos de aprendizagem, e capacitação on-demand por meio de webinars, vídeos gravados e fóruns de discussão. Todas com intuito de aprimorar as capacidades do time de se relacionar e concretizar novos negócios.

É interessante também que o gestor de vendas seja um “coach da equipe”, transformando seus vendedores e motivando-os a atingirem seu máximo potencial profissional.

7.   Ferramentas tecnológicas

A maximização das vendas também depende da utilização das ferramentas certas. Para que o a equipe de vendas consiga obter mais conversões, é essencial automatizar e otimizar a rotina dos vendedores.

Nessa área, as tendências em vendas são os softwares de gestão que focam no cliente. Além de permitirem que todo o processo de vendas seja acompanhado, possibilitam um melhor relacionamento com o consumidor.

Estamos falando dos CRM’s (Customer Relationship Manager), que condensam todo o histórico de determinado cliente, alertam para o follow-up e permitem um relacionamento personalizado com cada pessoa atendida, entre outras funções.

As métricas obtidas e as informações que geram colaboram para pensar as estratégias de marketing, de atendimento e também do pós-venda.

E é claro, a metodologia de funil de vendas também possibilita o acompanhamento da evolução das oportunidades comerciais para gerar mais negócios.

E para não perder mais tempo e dar o start nas tendências de marketing e vendas para 2019, teste agora gratuitamente o CRM que faz a equipe vender mais e melhor e comece o ano com tudo!

funil-de-vendas 7 Tendências de marketing e vendas para 2019
Indicadores que mostram como bater sua meta
Nunca mais perca oportunidades por falta de follow ups
Quer bater sua meta?

Gostaria de colocar estas dicas em prática dentro de nosso CRM?

Experimentar grátis