Skip to main content

Você sabia que um plano de marketing bem estruturado é capaz de aumentar as vendas da sua empresa?

Muitos empresários acreditam que basta ter um bom produto ou serviço para obter bons resultados, mas isso nem sempre é verdade.

É preciso muito mais do que isso!

É necessário planejar as ações de marketing digital e definir metas para alcançar os objetivos traçados.

Nesse artigo, vamos falar sobre o que é um plano de marketing, sua importância para as vendas e como fazer um plano de marketing que realmente funcione.

Acompanhe a leitura para saber mais!

O que é um plano de marketing?

O plano de marketing é um documento que contém a estratégia da empresa para alcançar seus objetivos comerciais.

Ele pode ser elaborado para um período determinado, geralmente um ano, e deve conter metas e ações que serão executadas para atingir os resultados esperados.

O plano de marketing é uma ferramenta extremamente útil para as empresas, pois permite que elas identifiquem o público-alvo, definam os objetivos e criem estratégias para alcançá-los.

Além disso, o plano de marketing também auxilia na elaboração do orçamento e na mensuração dos resultados.

Sem um plano de marketing bem definido, fica muito mais difícil saber se as ações estão realmente gerando resultados ou se é preciso fazer ajustes.

Importância do plano de marketing para vendas

Como já dissemos, o plano de marketing é uma ferramenta extremamente útil para as empresas.

Pois permite que elas identifiquem o público-alvo, definam os objetivos e criem estratégias para alcançá-los.

Dentro do plano marketing são levados em consideração informações estratégicas como o mercado, a concorrência, canais, jornada de compra e personas, por exemplo.

A partir desses dados, é possível desenvolver uma estratégia eficaz que irá gerar resultados para a empresa.

Imagine que você atue no ramo varejista e, após analisar o plano de marketing, perceba que a sua concorrência está vendendo em diferentes canais.

Diante disso, é importante mapear que canais estão gerando mais vendas para a concorrência e, assim, escolher os melhores para a sua empresa.

Nesse caso, uma gestão do varejo assertiva pode ser feita através da análise das informações trazidas pelo plano de marketing.

Como fazer um plano de marketing

Não existe uma fórmula mágica para fazer um plano de marketing, mas é importante que você saiba como elaborar o seu.

Para isso, listamos algumas dicas:

#1 Pesquisa

Faça uma pesquisa para conhecer o seu público-alvo, entender as suas necessidades e o que ele busca.

Isso é importante para direcionar as ações do plano de marketing e gerar vendas.

Pesquisas podem ser realizadas de diversas formas, como:

– questionários;

– entrevistas;

– grupos focais;

– pesquisas online (ferramentas de busca e redes sociais);

– estudos de mercado.

Uma dica é fazer uma pesquisa qualitativa e outra quantitativa para ter um resultado mais completo.

Após a pesquisa, é importante que você analise os dados para tirar as melhores conclusões e direcionar as suas ações.

#2 Jornada do Cliente

Mapeie a jornada do seu cliente, desde o primeiro contato passando pela compra e a entrega.

Isso irá te auxiliar na hora de escolher as melhores estratégias para cada etapa da jornada.

As etapas da jornada do cliente são:

  • Atenção: É o momento em que o cliente fica consciente do seu produto/serviço;
  • Interesse: Neste estágio, o cliente demonstra interesse pelo seu produto/serviço e pesquisa mais informações sobre ele;
  • Consideração: Nesta etapa, o cliente compara as diferentes opções e decide qual é a melhor para atender às suas necessidades;
  • Decisão de compra: É o momento em que o cliente escolhe o seu produto/serviço para efetivar a compra.

A jornada do cliente começa no que o levou a procurar sua empresa.

E não termina após a finalização da compra.

Informações sobre como o cliente se sentiu ao longo de todo o percurso é fundamental.

Nesse sentido, é importante entender se os conteúdos do blog estão efetivamente respondendo às perguntas.

E também se a entrega dos produtos comprados é feita dentro do prazo, por exemplo.

Para isso, recursos como o acompanhamento das métricas do Google e uso de tecnologias como sistemas de roteirização para ter maior controle das suas entregas são valiosas.

Isso para conhecer e aprimorar a jornada dos seus clientes.

#3 Planejamento de marketing

Com as informações levantadas nas etapas anteriores, é o momento de começar a desenhar o plano de marketing.

Para isso, faça um brainstorming e liste todas as estratégias que você pode utilizar para atingir os seus objetivos.

A partir daí, analise qual é a melhor forma de implementar cada uma delas e quais os recursos serão necessários.

Por exemplo, se o seu objetivo for aumentar as vendas em 20%, uma das estratégias que você pode utilizar é a realização de campanhas promocionais.

Para isso, será necessário investir em anúncios e divulgação nas redes sociais.

Após definir as estratégias, estabeleça metas para cada uma delas e um prazo para alcançá-las.

Dessa forma, fica mais fácil acompanhar os resultados e tomar as decisões necessárias para alcançar os objetivos estabelecidos.

#4 Uso de redes sociais

As redes sociais são uma ótima forma de manter o contato com os seus clientes e fazer com que a sua marca seja lembrada.

Você pode utilizar as redes sociais para:

– divulgar novidades;

– realizar campanhas promocionais;

– fazer sorteios e concursos;

– gerar interação com o público;

– obter feedback dos clientes.

Para isso, é importante que você escolha as redes sociais que seu público-alvo mais utiliza e crie conteúdos relevantes para ele.

Além disso, mantenha um plano de postagem e interação para não ficar longos períodos sem atualizações nas redes sociais.

Gerenciar as redes sociais da sua empresa pode ser um trabalho à parte.

Por isso, é importante analisar se você tem condições de fazer isso internamente ou se precisa contratar uma agência para te auxiliar nessa tarefa.

Aproveite e veja também: COMO TRANSFORMAR SEGUIDORES EM CLIENTES?

#5 Cronograma e mensuração

Com o plano de marketing pronto, é hora de montar um cronograma e começar a implementar as estratégias.

Nesse sentido, é importante que você estabeleça um plano de ação para cada uma das etapas do plano de marketing.

Além disso, é fundamental acompanhar o desempenho das suas ações para saber se elas estão gerando os resultados esperados.

Para isso, mensure as métricas relevantes para cada uma das estratégias e ajuste o plano se necessário.

Lembre-se: o plano de marketing é um guia, e não uma receita pronta.

Portanto, é importante que você esteja sempre aberto a mudanças e adaptações para que as suas ações sejam efetivas.

Com um plano de marketing bem definido, você consegue direcionar os esforços da sua equipe para as ações que realmente vão gerar resultados para a sua empresa.

E então, gostou do conteúdo?

Agora que você já sabe como fazer um plano de marketing, que tal colocar a mão na massa e começar a desenhar o seu? Boa sorte!

Funil de Vendas, CRM para equipe comercial
Indicadores que mostram como bater sua meta
Nunca mais perca oportunidades por falta de follow ups
Quer bater sua meta?

Gostaria de colocar estas dicas em prática dentro de nosso CRM?

Experimentar grátis
4.9/5 - (25 votes)
funildevendas

Desde 2012, o Funil de Vendas vem ajudando pessoas e empresas a serem transformados por meio das vendas. Mais de 5.000 usuários estão vendendo mais e melhor com nosso Software CRM, de forma simples, consistente e assertiva.